quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Caesb corta Vale Alimentação e Salários dos Diretores do Sindágua - STIU-DF

O novo ataque baixo da Direção Empresa foi a retirada dos diretores liberados do Sindicato da folha de pagamento no dia 01¤/07. O pagamento do Vale alimentação e salários dos diretores do Sindicato já foram cortados.

É preciso refletir em que isso nos nos afeta e os objetivos por de trás desta medida antissindical! No dia 06/06, a Direção da Empresa já havia encaminhado a Fatura referente aos salários e encargos de todos os diretores cedidos da Caesb, para trabalhar no nosso Sindicato. O valor da fatura dos Salários e Encargos corresponde a 70% da Receita do Sindicato, o que a Empresa sabe ser inviável para o SINDÁGUA, vez que existe outras despesas com Logística, Material, Pessoal, Assistência Jurídica, Fundo para Greve etc.

Já para Direção da Caesb o dinheiro jorra: em 2016 o montante de recursos destinados apenas aos quatro Diretores da Empresa  aumentou 16,7%, passando de R$ 2,4 milhões para R$ 2,8 milhões. *O aumento da remuneração da diretoria da Empresa foi superior ao da Despesa de Pessoal Total*.

Todo este ataque é para forçar o aceite da proposta da Empresa, que vai além da retirada inicial de direitos este ano, vez que a exclusão de diversos direitos e do concurso público visa destruir a Caesb como Empresa pública. A Direção da Caesb ataca e menospreza o trabalho da Direção do Sindicato, tanto na organização da luta dos trabalhadores contra a privatização, como nas defesa dos direitos conquistados, por isso, tamanho ataque aos trabalhadores.

*Desta forma, destacamos que medidas jurídicas estão sendo tomadas contra esse abuso, e reafirmamos que permaneceremos firmes na Luta com a categoria na defesa de nossos direitos e da Caesb pública, não cedendo a mais essa chantagem antissindical.*

*LUTAR • MANTER • CONQUISTAR!*

https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=2015258738708062&id=1670604956506777